Apostasia

A Associação Ateísta Portuguesa (AAP) recebe, todos os anos, incontáveis pedidos de auxílio acerca do processo de apostasia. Assim sendo, esta página serve para esclarecer todos aquele(a)s que, por consciência, queiram abandonar formalmente a Igreja Católica Apostólica Romana.

Antes de iniciar o seu processo, lembre-se de que este poderá ser bastante moroso e de que a cortesia e a honestidade são elementos fundamentais nos contactos com os sacerdotes e/ou as dioceses.

Desejamos a todo(a)s o(a)s que o queiram fazer votos de maiores sucessos.

INSTRUÇÕES:

1) Preencher correctamente este documento.

2) Descobrir a data e a paróquia de baptismo (informação a preencher na carta indicada). Alguns locais onde pode encontrar esta informação: certificado de baptismo; livrete de casamento dos pais; no próprio livrete de casamento (quando casado pela igreja).

3) Pedido endereçado ao actual padre da paróquia de baptismo, e duplicados enviado “com conhecimento” para a diocese correspondente e para o bispo do qual depende a paróquia em questão, sempre acompanhado de cópia do cartão de cidadão/bilhete de identidade. Ao pedido deve seguir-se uma carta da própria paróquia a confirmar a renúncia ao baptismo. Se a resposta tardar, poderá ser necessário novo pedido com recomendação de resposta.

EXEMPLO:

Uma sócia da AAP – Associação Ateísta Portuguesa disponibilizou, para consulta pública, o exemplo do seu pedido, que pode ser consultado aqui. Adaptado a cada caso particular, este é, indubitavelmente, um excelente ponto de partida. Podemos desde já adiantar que funcionou.